Filme La Belle et la Bete (2014)

flowersstairs

No ano de 1810, um naufrágio leva à falência um comerciante (André Dussollier), pai de três filhos e três filhas. A família se muda para o campo e Bela (Léa Seydoux), a filha mais jovem, parece ser a única a se entusiasmar com a vida rural. Quando o pai de Bela arranca uma rosa do jardim de um palácio encantado, ele é condenado à morte pelo dono do castelo, um monstro (Vincent Cassel). Para salvar a vida do pai, Bela vai jantar com o mostro diariamente. Lá, encontra uma vida cheia de luxo, magia e tristeza e aos poucos descobre o passado da Fera. O monstro se sente cada vez mais atraído pela jovem moça, que usará de toda a sua coragem para destruir a maldição que atormenta seu estranho admirador.

Figurino, fotografia, paisagens, efeitos especiais, trilha sonora, história, personagens… É quase impossível escolher o que mais me agradou nessa versão francesa de A Bela e a Fera!

Pra começar, a história foge muito do clássico da Disney. La Belle et la Bete é encantadoramente romântico, lembrando até mesmo clássicos como ‘Tristão e Isolda’ ou ‘Romeo e Julieta’ (apesar de não haver mortes no filme… quer dizer, dos protagonistas, claro).
Os cenários do filme são de tirar o fôlego! Cada paisagem é um suspiro, nos faz querer viver ali para sempre! O castelo da fera – e quando me refiro ao castelo estou incluindo tudo, desde o interior até o jardim e os menores detalhes percebidos – é simplesmente extraordinário, repleto de roseiras (vide foto a cima) esculturas que são assustadoramente belas, lagos cristalinos, grama verdinha, enfim… É ver para saber!

Os efeitos especiais também não deixam nada a desejar! O rosto da fera é todo computadorizado assim como alguns animais que surgem no decorrer do filme. E a trilha sonora? Parece que abrimos uma caixinha de músicas, belíssima!

Mas, o que mais me chamou atenção, mesmo, foi o enredo, como a história começa e se desenrola com o passar do tempo. Acabou se tornando a minha versão preferida de A Bela e a Fera! Quando paro para pensar quais são as palavras que vem a minha cabeça, para descrever o filme as que consigo são: Ternura e beleza!

Vá por mim, se eu, que nunca fui muuuito fã da história já estou querendo assistir ao filme de novo e de novo, você que provavelmente deve adorar – eu sei que é a favorita de muita gente! – vai perder o ar! Essa é a minha super indicação de hoje ;D Depois me conta o que achou! (o link para ver online está no final do post)

Beijos!

Título: La Belle et la Bete
Origem: França/Alemanha
Duração: 112 minutos

Clique aqui para assistir ONLINE e legendado! (a qualidade não está 100% mas dá para ver tranquilamente 😉 )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s