Porque vale a pena assistir TinkerBell ?

Infelizmente conteúdo “adulto” sobre contos de fadas são um tanto quanto escassos e nós, amantes do assunto, sabemos bem disso. Acabamos sendo obrigados a apelar para as produções infantis e, muitas vezes, nos surpreendemos, o que é bom, né?

A muuuito tempo atrás resolvi assistir aos filmes de animação da Tinkerbell, produzidos pelos estúdios Disney e pasmem, eu adorei!
Tinkerbell, para quem não sabe é a fadinha presente na história de Peter Pan e que, atualmente, ganhou seu momento protagonista com várias animações, sendo as mais conhecidas: “Tinkerbell e Uma Aventura no Mundo das Fadas” (2008); “Tinkerbell e o Tesouro Perdido” (2009) e “Tinkerbell e o Resgate da Fada” (2010), sendo este o meu preferido.

Os filmes tem uma pegada cheia de inocência e pureza mas sem se tornar infantil demais, sabe? Digamos que seja a medida certa entre “como um filme sobre fadas deveria ser” sem se tornar medíocre. Vale ressaltar que você precisa, no mínimo, gostar de animações, né? (quem não gosta de animação deve ser uma pessoa muita chata! Desculpa rs)

Vou focar o post no terceiro filme da série “Tinkerbell e o Resgate da Fada” pois, de todos, acredito que seja o que mais vale a pena ser assistido.

tinker

Tinkerbell, que agora acompanha as fadas da natureza até o continente nas mudanças das estações está super ansiosa com a chegada do verão, já que nesta data todas as fadas acampam no continente (como elas chamam o mundo dos humanos). A Tinke é super curiosa e atrevida, o que acaba causando algumas confusões no decorrer dos filmes. Neste filme em especial o acampamento onde ela está com o resto das fadas (que fica dentro do tronco de uma árvore oca) é ao lado da casa de campo de uma garotinha chamada Lizzy, uma menina sonhadora, doce e que acredita fielmente nas fadas, ao contrário de seu pai, com quem mora, um homem bom porém um pesquisador que só tem tempo para  o trabalho e desmotiva a filha a se interessar por essas “bobeiras de fada”. Tinkerbell fica cada vez mais curiosa para saber como os humanos vivem e como eles são e, descumprindo todas as regras e avisos das companheiras, afinal, uma fada jamais poderia ser vista por um humano, ela chega cada vez mais perto da casa de campo de Lizzy, até que um dia, Tinke vê uma casinha linda de fadas montada no jardim da menina e resolve bisbilhotar, voilá, a armadilha de fadas da Lizzy funciona e Tinkerbell está presa, fazendo com que agora todas as suas amigas fadas façam de tudo para resgata-la.

tumblr_m6x9362pbf1rawg75o1_500.gif

Tinkerbell e a menina Lizzy, que sempre se sentiu muito solitária pelo desinteresse do pai em seus assuntos, acabam firmando uma amizade deliciosa de se ver. E a fadinha, como uma boa fada deve fazer, ajuda a menina a reencontrar a atenção do pai para ela.

O filme vale a pena ser visto pois possui um enredo que toda garota já quis que fosse seu um dia, encontrar uma fada no jardim de casa. É muito interessante e divertido ver como as duas lidam uma com a outra após esse primeiro encontro. Algo legal é que a menina não entende o que a Tinkerbell fala já que ela apenas emite um som que se assemelha ao barulho de um sino (daí seu nome, não?), fazendo com que esses dois seres tão diferentes encontrem uma forma alternativa para se comunicar.

O final é doce, emocionante e nos deixa com aquela sensação de dever cumprido, sabe? É um filme que, com certeza vale a pena ser assistido. Prometem que vão ver e depois me contar o que acharam? 🙂

Beijos e até o próximo post!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s