Alice no País das Maravilhas e Através do Espelho, Editora Martin Claret

PAGE1

“…Atentas, então, silenciosas
Ouvem, com delícia,
As aventuras maravilhosas
Da menina fictícia
Que fala com bichos ou rosas,
Dando trela à notícia.

E quando, da imaginação,
Chegava o poço ao fim,
Pressentindo minha intenção
De protelar o festim,
“Agora mais, mais tarde não!”
Brandavam, para mim…”

Volto eu, com mais uma resenha de ‘Alice‘. Como vocês sabem eu faço coleção de livros da obra de Lewis Carroll por isso sempre aparecem edições diferentes por aqui, ok?

O livro de hoje é da editora Martin Claret por quem mantenho um enorme apreço ❤ graças a qualidade e beleza de seus exemplares. Qualquer leitor sabe reconhecer editoras que produzem e editoras que criam.

O livro foi um verdadeiro achado. Em meio ao caos organizado da Livraria Saraiva eis que surge ele: ali, sozinho, pedindo um lar! Em um primeiro momento não notei que se tratava de mais uma edição de Alice, confesso. Fui totalmente atraída pela capa e quando li o título, grudei ele no meu peito pra ninguém tirar de mim! (Só faltou começar a dizer: “My Precious” pra fechar a cena)

Al4

O livro é tão legal e bem pensado que possuí duas capas. A azul para Alice no País das Maravilhas e laranja para Alice através do espelho. A edição é super colorida! As ilustrações – há pelo menos 1 para cada inicio de capítulo – foram feitas pelo ilustrador e publicitário Sérgio Magno. 

Espero que vocês tenham notado que uma das capas sempre fica de ponta-cabeça (ou de cabeça pra baixo) dependendo da história que estiver lendo, o mesmo acontece com o interior do livro, para poder ler a próxima história você precisa virar o livro ao contrário e começar pela outra capa. Demais!

PAGE4

Outro ponto extra dessa edição fica por conta da “divisória” entre as duas histórias. Uma folha que se estende (tipo aqueles mini pôster que vinham nas revistas, sabe?) e dentro há a ilustração correspondente a cada capítulo junto com um trecho marcante do capítulo, também. Para aqueles que, como eu, adoram caçar as frases memoráveis dos livros, essa funcionalidade acaba sendo um agradinho, me senti mimada, rs.

PAGE5

Meu gatinho de Cheshire – vulgo Lord – não me deixava tirar as fotos de jeito nenhum, haha. Juro que não fui eu que coloquei ele ali… Tal mãe, tal filho, né?! A tradução, feita por Pepita de Leão é super tranquila, a leitura flui que é uma delícia e você mal vê o tempo passar (quer coisa mais “Alice” do que não ver o tempo passar; não saber mais qual é o seu real tamanho ou a longitude e latitude em que você está? haha)

Os pontos fortes? O livro é bem moderno, falo de diagramação e do aspecto artístico da edição. Não possuí Sinopses ou informações “desnecessárias” que, em certos momentos, só servem pra poluir uma edição bem feita, afinal, quem, com mais de 10 anos de idade precisa ler a sinopse de um clássico como Alice, hoje em dia? Todos já estão cansados – no bom sentido – de conhecer a história. Por isso que eu evito falar sobre a história propriamente dita em minhas resenhas, quando se trata de Alice, ficaria repetitivo demais, não acham?

PAGE3 PAGE6

Para os fãs – e não fãs, principalmente – de Alice no País das Maravilhas, fica a minha recomendação! Espero que gostem 😉

Anúncios

Um comentário sobre “Alice no País das Maravilhas e Através do Espelho, Editora Martin Claret

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s